Follow by Email

sábado, 11 de dezembro de 2010

O CRISTIANISMO NUMA CONCEPÇÃO DIFERENTE

O CRISTIANISMO NUMA CONCEPÇÃO DIFERENTE
O significado do vocábulo cristianismo segundo alguns dicionários da nossa época, trata-se do conjunto das religiões cristãs baseadas nos ensinamentos, na pessoa e na vida de Jesus Cristo.
E citam três exemplos destas religiões como é o caso do catolicismo, do protestantismo e das religiões ortodoxas orientais.
Esse vocábulo cristianismo é derivado da palavra Cristo do grego que significa Ungido, como afirmou o apóstolo Pedro por revelação de Deus: “Tu és o Cristo(Ungido) o Filho do Deus vivo, Mt 16: 16. Além da palavra cristianismo que surgiu muito tempo depois da sua morte como um sistema de nominar todos aqueles que se agrupavam para aprender os ensinos de Cristo, ,surgiu bem antes deste por volta do ano 61dC. a palavra cristãos “Em Antioquia foram os discípulos pela primeira vez chamados cristãos. At. 11: 26b. No começo pela postura e o procedimento dos apóstolos esse termo significava um servo do Ungido de Deus ou um servo de Cristo. Hoje reivindicar o nome de “cristão” tem um significado muito mais importante, pois Cristo e sua Palavra revelada nas Escrituras são a autoridade suprema e única fonte de esperança futura. “Por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual já, antes, ouviste pela palavra da verdade do evangelho, aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós esperança da glória; Cl. 1: 5,27.
É tão importante para milhões de pessoas conhecerem a essência do verdadeiro cristianismo, porque neste assunto está envolvida a espiritualidade do ser humano, tanto para edificação dos crentes quanto dos descrentes que buscam o conhecimento de Deus.
De antemão, convém ressaltar pela convicção que consta das Escrituras que a palavra cristianismo não trata de um conjunto de religiões, mas sim de uma única religião onde os requisitos expostos nos ensinamentos, na vida e obra do Senhor Jesus Cristo são exigidos como também são exigidos nos dicionários citados acima, porém há uma diferença tão grande entre o cristianismo e algumas das religiões citadas que jamais poderão ser medidas.
Existem quatro pilastras indestrutíveis inconfundíveis e inegociáveis sustentadas pelas palavras de Cristo e que distinguem as demais religiões do verdadeiro cristianismo. ”Pois toda carne é como a erva, e toda a sua glória é como a flor da erva, seca-se a erva e cai a sua flor; a palavra do Senhor, porém, permanece eternamente. Ora, essa é apalavra que vos foi evangelizada. 1Pe. 1: 24,25. Estas promessa de tudo o que o Senhor Jesus revelou na Bíblia permanece para sempre, essa é a fé que faz do Cristão diferente; um vencedor..
Primeira Pilastra- Só pode haver cristianismo verdadeiro com Jesus Cristo. Ele como único Salvador, Senhor e Mediador entre Deus e o homem. “E não há salvação em nenhum outro, porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos. At. 4: 12. Por isso é que o Senhor Jesus Cristo é o único escolhido pelo Pai para nos salvar e não adianta procurar outro meio, porque Deus só aceita você ser salvo através de Jesus Cristo. “Por que me chamas de Senhor , Senhor, e não fazeis o que vos mando. Lc. 6: 46. Não importa a religião, se você não tem Jesus Cristo como o Senhor da sua vida para obedecê-lo por que o chama de Senhor, essa religião pode ser tudo menos cristianismo. Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, o qual deseja que todos sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens Cristo Jesus homem, 1Tm 2:4,5. Por isso se afirma que existe um único cristianismo; o de Cristo. Foi dado exemplo no dicionário citado acima de religiões que nós sabemos terem milhares de intercessores mesmo contrariando a Deus quando Ele afirma que só há um mediador para falar com ele pelos pecados do homem Jesus Cristo. Essas religiões não respeitam a Palavra de Deus e sim os seus concílios me admira e me causa espanto como elas podem ser denominadas de cristãs?.Em Deuteronômio 18: 11,12, Deus fala que é abominação ao Senhor aquele que consulta os mortos. Guarde bem essa citação: “acaso não consultará o povo ao seu Deus? A favor dos vivos se consultarão os mortos? Is. 8: 19b.
Segundo Pilastra Só pode haver cristianismo verdadeiro através da Bíblia. A Bíblia é a Palavra de Deus e é o único manual como regra de fé e prática de vida do cristianismo. Sem a Bíblia como regra de fé e conduta a religião pode ser comparada a qualquer outra coisa menos cristianismo “Porque a Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e apta para discernir os pensamentos e os propósitos do coração. E não há criatura que não seja manifesta na sua presença, pelo contrário, todas coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar conta. Hb.4:12,13. A Bíblia é a Palavra de Deus e é a única autoridade no mundo com poder para falar de Jesus Cristo. Na frente da Bíblia qualquer outro documento não contem valor nenhum de inspiração para ensinar repreender e corrigir ninguém “Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão para a correção para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. 2:Tm. 3:16.
Terceira pilastra – Só pode haver cristianismo verdadeiro se houver transformação de vida. Se o homem não passou por Jesus Cristo para sofrer uma completa transformação de vida, e uma nova criatura não nascer no lugar do velho homem, podemos chamar essa religião de tudo menos de cristianismo. “E assim, se alguém está em Cristo é nova criatura, as coisas antigas jê passaram, eis que se fizeram novas. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. 2Co. 5: 15,17. Hoje está muito em uso o costume do homem querer se garantir de qualquer jeito.Existe quem freqüenta duas ou três denominações, porém se encontram tão vazios como começaram. Quem preenche o coração do homem é Jesus Cristo e isso só acontece através do autentico cristianismo. “Se, pois o Filho vos libertar verdadeiramente sereis livres. Jo 8: 36.
Quarta Pilastra – Só pode haver cristianismo verdadeiro se houver prática de vida cristã. Ao nascermos novamente pela fé em Cristo recebemos de Deus o poder para andarmos em novidade de vida como está escrito; que a fé é dom de Deus e sem ela é impossível agradá-lo. “De fato sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxime de Deus creia que ele exista e que se torna galardoador dos que o buscam. Hb. 11: 6. Vemos que pela fé o Espírito Santo nos possibilita a resistirmos às tentações e vencermos nossas batalhas. Se não fora assim o Apostolo João não nos teria advertido: “Aquele que diz está nele também deve andar como ele andou 1Jo 2: 6. Não pode haver cristianismo sem prática de leitura Bíblica, pois nelas estão contidos os verdadeiros caminhos de vida. Jesus disse: “Examinais as Escrituras porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim. Contudo não queres vir a mim para terdes vida. Jo 6: 39,40.
Esse trabalho não visa diminuir esta ou aquela denominação, o intuito é verdadeiramente comprovar pela Palavra de Deus o verdadeiro cristianismo, e não confundir as pessoas ao dizer que toda religião só por falar em Cristo é advinda do cristianismo. Vou deixar seis versículos como reflexão. “Portanto os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se de fato o Espírito de Deus habita em vos. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. Se, porém, Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito é vida por causa da justiça. Assim, pois, irmãos, somos devedores, não a carne como se constrangidos a viver segundo a carne. Porque, se vivermos segundo a carne caminhamos para a morte, mas, se pelo Espírito mortificardes os feitos do corpo certamente vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Rm 8: 8,9,10,12,13,14.

Nenhum comentário:

Postar um comentário